Burnout, a síndrome das mulheres superpoderosas

Burnout, a síndrome das mulheres superpoderosas

Imagem: Khakimullin, via Bigstock Photo

Mulheres não são simplesmente mulheres: são supermulheres. Cuidam da casa, dos filhos, do marido, dos pais, dão uma força a irmãos e primos, seguem profissionalmente atualizadas, tornam-se bem-sucedidas, cuidam da saúde (dela e dos outros) enquanto se asseguram de estar com as unhas feitas, a pele bem cuidada, o cabelo tratado… tudo isso com um sorriso no rosto. Opção própria? Nem sempre. As mulheres têm muito mais a provar do que os homens. Socialmente foi atribuído à mulher o papel de cuidadora da casa e da família. Pressionada por essas Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!